Conectando Você a Nova Era
                                                   24 horas orando JUNTO COM Você.

Rádio Gotas de Vida

Forte terremoto de 6,1 graus agride o sudoeste da China

03 AGO 2014
03 de Agosto de 2014

Ao menos 381 pessoas morreram e cerca de 2.000 ficaram feridas em decorrência de um forte terremoto na província chinesa de Yunnan neste domingo (3). A agência estatal de comunicação Xinhua informou que oficiais do Exército foram enviados ao local para comandar o resgate.

O tremor de magnitude de 6,1 aconteceu às 16h30 do horário local (05h30 de Braília) do dia 03/08/2014, no nordeste da província de Yunnan, a uma profundidade de aproximadamente 10 km, segundo o serviço americano de geofísica USGS. 

O terremoto registrado na região de Zhaotong, no nordeste da província, provocou o desabamento de prédios. "Pelo menos 381 pessoas morreram", afirmou a agência oficial de notícias Xinhua nas primeiras horas da manhã de segunda-feira.

Segundo o site China Daily News, os hospitais da região precisam de sangue para atender os feridos. Há bolsas de sangue suficientes para apenas 200 pessoas. Os moradores da região foram chamados para fazer doações. 

Arte UOL
Epicentro do terremoto no sudoeste da China

Maioria dos mortos são de Ludian

"Muitos edifícios sofreram danos e estamos reunindo informações sobre os mortos e feridos", declarou uma autoridade do distrito de Longtoushan à Xinhua.

Mais de 120 mortos, 180 desaparecidos e 1.300 feridos foram contabilizados no distrito de Ludian, epicentro do terremoto, informou a China News Service, segunda maior agência oficial do país.

Cerca de cinquenta pessoas morreram em dois distritos vizinhos, também da mesma cidade de Zhaotong, acrescentou, citando dados de autoridades provinciais.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2014/08/03/terremoto-deixa-mais-de-centenas-de-mortos-na-china-resgate-continua.htm

Voltar

Rádio Gotas de Vida - Conectando Você a Nova Era.
24 horas Orando JUNTO COM Você.
Uma verdadeira escola de ensinamentos mediúnicos